Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Para Recordar

No dia em que mandei um carro para a sucata, eu passo os meus dias na estrada, faço kms e mais kms todos os dias, confesso que gosto de velocidades, penso que sou cuidadoso, afinal ao fim de tantos anos na estrada só tive um acidente, este do qual estou aqui a falar, gosto de acelerar mesmo sabendo que não estou dentro do limite permitido por lei, mas só o faço se vir que estou em condições de o fazer, e não vou negar que se vier na auto-estrada o tempo seco e a estrada livre que o meu pé cola o acelerador em baixo e dá o que o carro permitir, sei que posso ser irresponsável que tenho uma filha para criar que pode surgir algo inesperado e eu não ter tempo para reagir, podendo acabar com a minha vida ou pior ainda acabar por ficar dependente de terceiros para o resto da mesma, quer para sobreviver quer para as minhas necessidades fisiológicas mais básicas, às vezes esqueço-me de valorizar a vida que tenho, acho-me um infeliz e não atribuo o respectivo valor ao que tenho, esqueço-me que tenho responsabilidades e que tenho alguém que depende de mim, por enquanto, ora este dia foi um desses dias em que eu fui egoísta, o tempo estava enevoado, aproveitei e tirei até umas fotos com o telemóvel para ver como não é fácil conduzir com condições atmosféricas deste género, cheguei ao meu destino, Melgaço, o tempo melhorou um pouco, e antes de vir para casa ainda tinha de ir a um cliente, a Braga, faço-me à estrada a tarde começa a querer dar lugar à noite, a estrada é sinuosa, curva contra curva, e eu, começo a sentir prazer em fazer as curvas umas atrás das outras cada vez com mais velocidade, senti-me um verdadeiro piloto de rali, era como se estivesse num jogo, só que aqui o “Game Over” foi diferente, continuei, começo a descer curva atrás de curva até que numa dessas curvas o carro sai-me de traseira fora da estrada, perdi aderência e sim nos poucos segundos enquanto o carro “voava” eu tive medo muito medo, acabei por bater contra uma rocha por minha sorte do lado do passageiro, o carro subiu um pouco a rocha e com o impacto fui projectado novamente para a estrada ficando virado de frente em sentido contrário, só parando quando o carro encostou aos railes, esses já com a “cama feita” pois eu pelos vistos não era o primeiro a ir ali parar, eu tremia por todo o lado e sim chorei com medo, mal conseguia fazer uma chamada de telemóvel para informar a empresa do que tinha acontecido, o que me valeu foi um outro condutor que parou e fez com que eu me acalmasse  e providenciou a retirada do carro, durante uns tempos andei certinho que nem um “chasco”, hoje às vezes já cometo exageros mas em estradas destas já não facilito e um dia até vou ter de deixar de facilitar em todas, mas tenho sempre a desculpa que estou atrasado, que tenho pressa, mas hoje resolvi escrever isto porque acho que não tenho pressa nem estou atrasado para morrer, tenho ainda muito tempo pela frente, espero eu, e de certeza que nesse tempo vão acontecer coisas que eu vou querer vive-las.

música: To Live Is To Die-Metallica
tags:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 00:21

link do post | comentar | favorito

*Eu

*pesquisar

 

*Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

*posts recentes

* 14 Fevereiro

* Norticias

* 80

* Más linguas

* Astrologia

* O fim, tão perto.

* A mala da Pepa

* 2013

* Cá está ela...

* O Gasparzinho

* Por Favor

* O tal capitalismo

* Ás vezes...

* Trocas

* Preciso de férias

*arquivos

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

*tags

* todas as tags

*links

blogs SAPO

*subscrever feeds