Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

Amigos

Os verdadeiros amigos são aqueles que nos dizem as verdades.

Hoje um amigo quando lhe falava dos meus problemas, disse-me "sabes o que eu chamo a isso? falta de tomates", eu sei que dói mas ele tem razão, obrigado "Mestre".

 

 

música: Alive - Pearl Jam
tags:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 23:45

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

6ª Feira 13

Fim de tarde de Junho, o sol brilha, corpos procuram apanhar o máximo de raios de sol possíveis, o verão chegou tarde e é hora de começar a trabalhar para o bronze, mas não é por esse motivo que o Ernesto está ali parado à beira mar com a cabeça enterrada entre os dois punhos, a cabeça dele neste momento fervilha, não pode acreditar que é mesmo verdade, sempre achou que a ele isso nunca iria acontecer, durante anos jogou com a vida acreditando que tinha nascido imune, mas agora já não há nada a fazer, acabara de ser pai acerca de um mês e de repente o mundo desabou-lhe em cima, seguira o conselho do seu colega Filipe, e fora com ele fazer um teste de rastreio de HIV e acusara positivo, durante anos mesmo muitos, nunca parou de rolar com tudo o que tivesse uma racha entre as pernas, era precisamente ali naquele sitio que as levava à noite e ficava horas a encher chouriços até as convencer a “baixar a cuequinha ”, depois disso estipulava o prazo de um mês até conseguir ou não “desentupir-lhes o cano da banca”ao fim desse tempo deixava-as e partia para nova conquista, mas isto não era suficiente, além de ter em casa uma mulher fogosa sempre disposta a “ir aos treinos”, ele tinha o vicio de parar sempre que via uma prostituta de rua, sempre gostou de “bicos” e “tomar banho de pijama” não era para ele, nesta fase do campeonato já se pode dar até ao luxo de ir ao Jornal e escolher por “15 beijinhos” um “O…ao natural”. À tempos numa conversa após um típico almoço de vendedores à sexta-feira, que é como quem diz, de tarde já não se faz nada, ele contava que usava como pretexto para sair à noite ir à pesca (e ia, mas os peixes eram outros), acerca de um ano andava ele a tentar convencer uma amiga a virar-lhe as costas para ele lhe “desentupir o cano da banca”, mas esta amiga ia sempre ter com ele juntamente com outra amiga que por azar começou a trabalhar no mesmo escritório de contabilidade onde trabalha a sua esposa e por isso passou a dormir no sofá, pois a língua pode ser utilizada para varias coisas mas quando se solta deita cá para fora algumas verdades que podem ser inconvenientes, nessa mesma conversa o seu colega Filipe disse, “Eu também não gosto de preservativos, e como sou demasiado rápido, não tenho problemas” um dos presentes riu-se como se de uma brincadeira se traçasse mas ele repetiu convicto que por ser tão rápido não havia problemas, então perguntaram-lhe qual era o tempo que o “bichinho da sida” demorava a acordar após a introdução do membro dentro de um buraco desconhecido e constantemente utilizado por outros membros, membros estes fartos de andar noutros buracos onde já andaram outros membros fartos de andar noutros e por aqui fora (façam as contas diria o Engº Guterres), Em que século estamos? Qual é a doença mais perigosa que se pode apanhar com uma relação sexual? Quanto vale a nossa vida? Para que servem os preservativos? De certeza que não é uma gabardina para o Zé Manel quando está a chover. Sabem quantas DST’s existem? Falta de informação? Não, lamento mas não posso concordar, concluiu.
É por isto tudo que neste momento, Ernesto está com pensamentos suicidas na cabeça, Como vou contar à minha mulher? Como a vou convencer a fazer um teste? E se der positivo? E se o nosso filho acabado de nascer também estiver? Mato-os aos dois e a mim de seguida, está decidido.
.
Para quem quiser estar informado sobre o assunto, clique aqui.
música: Ride The Lightning-Metallica
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 12 de Julho de 2007

A memoria permanece

...

Das cinzas para as cinzas

Do pó para o pó

Escureça

...

 

 

Nananananana nananada nananananana nanananadana
Nananananana nananada nananananana nanananadana

música: The Memory Remains-Metallica
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 20:12

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

olha ele...

Imaginem quem me tem feito companhia ultimamente... Está Brutal

 

 

Podem adquirir aqui.

 

música: TODAS
tags:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 23:53

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Julho de 2007

Hum, pois...

Hoje pensei tanto em ti...

Acho que estou apaixonado.

 

 

música: Even Flow - pearl Jam
sinto-me:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Metallica

A minha pequena colecção de cds dos Metallica e algumas raridades em vinil, sim vinil.

música: Creeping Death - Metallica
tags:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 8 de Julho de 2007

Parabéns Mãe

O tempo não perdoa,
Os anos passam,
Hoje comemoras mais um aniversário,
Fico feliz, por ainda te ter junto de mim,
Fico feliz por hoje poder cantar para ti, Parabéns a você…
Poder dar-te um beijo, um abraço
Quanto vale isto?
Não sei.
Só sei que te amo
Parabéns
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 12:16

link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Julho de 2007

É uma crise da meia idade

 

Nem mais.

 

música: Midlife Crisis - Faith no More
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 19:07

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Passos em volta

Quando o sol chegou aos subúrbios da cidade
Anunciando mais um dia igual aos outros
Ele acordou e pressentiu
Que hoje o seu dia ia ser diferente
Sentiu nos lábios o sabor
Dum sorriso finalmente triunfante
Escorregou da cama
E contemplou o espelho sorridente

Acabou-se a incerteza dos seus passos em volta
De um sentido que ele nunca encontrou
Pela primeira vez tinha o destino nas mãos
Desta vez ele não duvidou

Sentiu-se invadir por uma estranha lucidez
Que o conduzia pelas calhas do passado
Serenamente descobriu
Que afinal tudo tinha o seu sentido
Levou o olhar á janela
Lá em baixo a rua estava abandonada
Levantou o fecho
E de repente alcançou a liberdade

Acabou-se a angústia dos seus passos em volta
Dum amor com que ele apenas sonhou
Pela primeira vez tinha o futuro nas mãos
Abriu a janela e voou

 

música: Passos em Volta-Jorge Palma
tags:
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 02:51

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Desisto...

já não tenho mais forças, apenas me resta acabar de cair

...simplesmente mais nada para dar

não há mais nada para mim

preciso do fim para me libertar...

 

música: Fade to black - Metallica
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 23:42

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Julho de 2007

Super Rock Super Bock

Quinta-feira 28 de Junho 2007, 12h40m aqui o menino faz-se à estrada, trezentos e mais alguns kilometros separa-me do Parque Tejo no Parque das Nações, meio desanimado lá vou eu, não me apetece ouvir musica (vou ter muita para ouvir) não ligo o rádio e deixo-me ir, para evitar multas, deixo-me ir entre os 130 e os 140km/h, está sol e uma preguiça instala-se, o sono começa a aparecer, aproveito começo a pensar na vida, aqui e ali nas estações de serviço vê-se pessoal com o mesmo destino que eu (pelo menos na viagem) de vez em quando lá ultrapasso um autocarro com uma excursão com pessoal que vai ver o Super Bock Super Rock, e lá chego eu, deixo o carro perto da praça Sony, (longe como o cara.., agora sei, antes não), sigo o pessoal que se dirige para lá, fila para entrar, fico com a sensação que podiam ter uma entrada que permitisse mais fluxo de espectadores, à hora que cheguei ainda era cedo mas de certeza que mais tarde deve ter desesperado muita gente, digo isto porque à saída foi uma confusão, demorei mesmo muito para conseguir sair do recinto, no interior do recinto, estava-se bem, era agradável, o sol continuava a brilhar, aproveito para beber uma cerveja, e dai a pouco entram em palco os Blood Brothers, e eu pensei, fuoda-se então no meu bilhete diz Inicio do Espectáculo: 17.00H, são 17equalquercoisa, e já estão a tocar estes, então e as outras bandas?, pois é já tinham tocado e eu paguei para ver tudo tinha tempo para ver tudo e vim enganado na hora, passando então a actuação dos Blood Brothers, a percussão não era má e sinceramente foi do que mais gostei nesta banda, um dos vocalistas (sim são dois Jordan Blilie e Johnny Whitne) tinha mesmo estilo efeminado (para não dizer outra palavra mais forte, pois as opções sexuais de cada um a mim não me dizem respeito), notou-se que tocaram com profissionalismo, mas sinceramente fiquei com a impressão que pouca gente gostou. A seguir tocam os Mastodon, muito bons, forte, bom som, excelente energia, só é pena ser de dia e nada mais a dizer, valeu a pena uma proposta musical muito mesmo muito interessante na minha opinião. A seguir tocam os Stone Sour formação da qual fazem parte o vocalista e um guitarrista dos Slipknot, notou-se que tinham muitos admiradores na plateia e por falar em admiradores, eu estou mesmo velho, os jovens agora crescem pa caralho vi-me fodido para ver o palco, eu fiquei à frente a poucos metros, e quase ao centro do palco, o meu local preferido em concertos, não foi fácil o meu 1,70m não me favorece muito, adiante, notou-se uma boa comunicação entre o público e o Corey Taylor, mas mesmo assim não o suficiente para ter o público na mão, o momento mais alto foi quando tocaram “Throgh the Glass” com muitas meninas a cantarem e alguns isqueiros. A seguir e ainda de dia chegou a hora de eu começar a ver quem eu queria mesmo, Joe Satriani é sem duvida um dos melhores guitarristas de todos os tempos, notou-se que grande parte do público não percebia o que se estava a passar e já só pensavam nos Metallica, acho é que poucos sabem que o Joe Satriani foi professor do Kirk Hammet (guitarrista dos Metallica), mas tudo bem, eu adorei ver, sempre sonhei ser guitarrista, ainda tenho o equipamento todo, mas sinceramente falta-me jeito, para mim ele foi perfeito, sem nada a apontar, até mesmo no alinhamento que foi uma espécie de “Best of” entretanto a noite já caíra e eu estava a chegar aos limites, pois não tinha comido mais nada e tinha ficado ali a guardar o meu lugar, os Metallica estavam anunciados para as 22h45m e já faltava pouco, só que o tempo foi passando e de Metallica nada e as minhas pernas começam a reclamar descanso e o resto do corpo também já gritava “Ó moço tu já vais fazer 35 anos, ganha juízo” e a minha cabeça respondia “vai-te foder, aguenta-te, que foi para isso que te trouxe”, deveriam ser 23h20m mais ao menos quando se começa a ouvir as notas do “The Good, The Bad, The Ugly” ao qual se segue “Creeping Death” (onde é que eu já ouvi isto? 93 foi igual, pois é isso), a energia contamina o público e eu estou a viver mais um sonho, embora sinta que estes movimentos me vão deixar marcas no corpo, eu deixo-me ir, afinal ainda devem faltar mais de duas horas de concerto, o James Hetfield incendeia o rastilho <<Lisbon... Metallica loves yo>>, nós sabemos que sim, já demos provas disso só que deveria ser <<Portugal…Metallica loves you>>, mas tudo bem, e é recíproco <<Portugal...loves Metallica>>, notou-se uma grande vontade e empenho por parte da banda e o público não se fez rogado e correspondeu da melhor maneira, estavam reunidas condições para um concerto inesquecível para ambos, “For Whom The Bell Tolls”, “Ride The Lightning” “Disposable Heroes” “The Unforgiven” aqui olhei para o lado, mas não estavas lá, “…And Justice For All” “The Memory Remains” aqui já estava KO, um alinhamento destes mata um gajo, “The Four Horsemen” “Orion” para mim a sério que foi, “Fade To Black” mais uma vez, é mesmo assim que me sinto, “Master Of Puppets” “Battery”, sim ainda estou vivo, está perfeito nada a dizer estou a viver no passado, este alinhamento foi mesmo escolhido para mim, aqui podia morrer, morria feliz, “Sad But True” “Nothing Else Matters”, “One” efeitos pirotécnicos incluído fogo de artificio e mais uma vez e já quase 20 anos depois esta musica continua a fazer sentido, “Enter Sandman” “Am I Evil?” e no fim “Seek & Destroy”, como se pode ver nem uma música tocaram do St.Anger, tocaram basicamente 4 albuns iniciais mais o “The Memory Remains” estas músicas foram a banda sonora da minha adolescência, obrigado pela prenda Metallica. Alguém tem duvidas que os Metallica são a banda de metal mais influente de todos os tempos? Para terminar e já não era sem tempo, é so para dizer que o concerto estará disponível para download em “clica aqui”.
Faltou dizer que a viagem para o Porto foi difícil mesmo, até adormeci ao volante, aqui a sorte esteve do meu lado e as guias sonoras juntamente com o local (recta) ajudaram, não tinha ninguém para ajudar a manter-me acordado, mas não se pode ter tudo, nunca se pode ter tudo. Prometeram voltar, eu prometo estar presente. <<Metallica… Rolandowsky loves You>>
música: É preciso??
publicado por Rolandowsky Rasgakus às 10:26

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

*Eu

*pesquisar

 

*Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

*posts recentes

* 14 Fevereiro

* Norticias

* 80

* Más linguas

* Astrologia

* O fim, tão perto.

* A mala da Pepa

* 2013

* Cá está ela...

* O Gasparzinho

* Por Favor

* O tal capitalismo

* Ás vezes...

* Trocas

* Preciso de férias

*arquivos

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

*tags

* todas as tags

*links

blogs SAPO

*subscrever feeds